8 Ideias para reduzir os custos na sua empresa

reduzir custos empresas

8 Ideias para reduzir custos nas empresas

Hoje em dia ser brilhante não chega, é necessário também obter resultados. Para isso é preciso saber lidar com os números, compreender os números e tomar medidas quando necessário. Qual a empresa que a determinada altura não se deparou com a necessidade de reduzir custos ou aumentar as receitas? No que respeita ao controlo dos custos nas empresas é uma variável que nós podemos controlar, enquanto o aumento das receitas já não depende diretamente de nós, mas sim de fatores externos e imprevisíveis ditados pelo mercado.

Apresentamos 8 ideias práticas para reduzir os custos operacionais:


O quão criativo consegue ser para controlar os custos da sua empresa?

Apresentamos algumas sugestões simples e práticas de implementar

1. Evite os gastos desnecessários e crie uma mentalidade avessa ao desperdício

Os responsáveis de uma empresa, devem ser os primeiros a dar o exemplo. Se os responsáveis não abdicarem de ter gastos excessivos e desproporcionais à dimensão da empresa certamente vão ter dificuldades em exigir contenção de custos extensível a todos os departamentos da empresa.

2. Alugue em vez de comprar (Custos fixos Vs. Custos Variáveis).

Porque não pensar numa estrutura de custos mais flexível? A possibilidade de considerar como opção arrendar um escritório ou estabelecimento comercial para a sua atividade, viaturas, equipamentos informáticos, etc, traduz-se na possibilidade de em alturas mais austeras ter mais facilidade no emagrecimento da estrutura de custos do seu negócio. Hoje em dia para uma empresa quase tudo já é possível terceirizar com a vantagem de em alguns desses contratos abrangerem a assistência, manutenção e o upgrade dos equipamentos.

3. Concentre as suas compras

Quantidade aumenta o seu poder negocial. Além do mais, consolidar as suas compras num único lugar, além de reduzir custos, é possível fomentar um relacionamento mais duradouro com o fornecedor. Se optar por compras online, recorra à internet, é bastante fácil verificar qual é a loja que tem o melhor preço e as melhores condições para o produto que pretendemos adquirir. Aproveite promoções e descontos de quantidade.

4. Admissões de recursos humanos controlada

Seja criterioso na contratação. Existe mesmo a necessidade para isso? Não haverá dentro da empresa quem possa desempenhar essa função? Todas as tarefas e processos estão otimizados? Se decidir contratar, primeiro verifique se os candidatos preenchem os requisitos necessários para atender às reais necessidades da empresa. Claro, pode sempre aproveitar os incentivos existentes para a admissão de jovens à procura do primeiro emprego, para estágios profissionais ou ainda para a contratação de desempregados.

5. Recorra ao outsourcing

A tendência das empresas é reduzirem o número recursos humanos internos, recorrendo a pessoas ou entidades externas. Hoje, é possível encontrar empresas de outsourcing para quase tudo, com elevado desempenho e permitindo assim a redução de custos: Assistência informática; Serviços de Contabilidade, Fiscalidade, Consultoria de Gestão, entre muitos outros exemplos.

6. Seja eficiente na divulgação da sua empresa

Ao investir bem em marketing e essencialmente em marketing digital, certamente que estará mais perto de atingir os seus objetivos. Com menos dinheiro também se consegue ser eficaz. Relacione-se com o seu público alvo oferecendo melhores conteúdos, não atuando sempre com um cariz comercial. Comunique de forma personalizada e utilize os canais de comunicação que melhor se adequam à forma de estar no mercado da sua empresa. A recomendação poderá também conferir um carácter determinante na hora de aumentar a sua carteira de clientes, portanto, solicite referências aos seus clientes, certamente eles estão contentes com os serviços prestados ou produtos adquiridos.

7. Crie um manual de procedimentos interno

Elabore um manual interno detalhado, explicando qual a política da empresa ao nível as diversas despesas (deslocações, representação, transportes, comunicações, …). Este documento deverá ser sempre um documento de boas práticas e extensível a toda a estrutura da empresa pois se envolver os colaboradores nesse esforço haverá mais garantias de êxito.

8. Controle os pequenos gastos

É sempre uma boa altura para apostar na reorganização da sua empresa e melhorar aspetos relacionados com a gestão. Invista em entidades profissionais, nas áreas do Controlo de Gestão e fiscalidade, implemente um sistema de Controlo Orçamental, através de softwares especializados. Haverá melhoria nos resultados garantidamente! Esteja sempre atento à contenção de pequenas despesas. Geralmente, a soma das pequenas despesas impactam de forma significativa a tesouraria das empresas. Novamente, o facto de envolver os colaboradores nestes esforços trará mais garantias de sucesso.


Autor: Rogério Rêga (Contabilista Certificado e Gestor de Empresas – Ver perfil Linkedin

Queremos ajudá-lo a melhorar os seus indicadores e a sua gestão. Queremos mostrar-lhe que nem todas as empresas de contabilidade são iguais.
Procura o próximo e último parceiro para a sua empresa na área da Contabilidade e Gestão de Empresas? Fale Connosco AGORA!